20 de fevereiro de 2017

Como ter uma vida diligente?


“Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo.” Efésios 1:3.

A jornada da vida cristã pode parecer um fardo quando olhamos unicamente para nossa fragilidade e pequenez, pois, em alguns momentos afirmamos: “Farei isso ou aquilo”, “Começarei tal proposta” ou “Atingirei determinada meta” e assim iniciamos e falhamos miseravelmente - porque queremos o imediatismo de grandes obras e não conhecer o Deus das obras. Dito isto, faz-se necessário que, em primeiro lugar, venhamos a desfrutar com mais intimidade do Autor e executor de nossa salvação: Jesus Cristo. O versículo supracitado assevera que todas as bênçãos espirituais nos foram dadas por meio do Filho único de Deus (Efésios 1:3) e para isso, é necessário total devoção em conhecer os preceitos do Senhor Jesus através da leitura e entendimento da Bíblia, juntamente com orações de súplicas, para que seja feita não a nossa, mas a vontade perfeita do Senhor.

O príncipe dos pregadores - Charles H. Spurgeon, disse que: “Você descobrirá que ler pessoalmente a Palavra de Deus, ler a própria Palavra mais do que notas sobre ela, é o método mais seguro de crescer na graça”. (Como ler a Bíblia p.5), sendo assim, somos convidadas a usufruir de uma vida íntima com Deus por meio da redenção que há no Cordeiro imaculado: Jesus Cristo, que antes da fundação do mundo, nos predestinou e nos elegeu para sermos santos e irrepreensíveis (Efésios 1.4), pois, Seu amor, que excede todo entendimento, nos constrange e assim, nosso deleite consiste na assiduidade da leitura da Palavra de Deus e devoção de uma vida piedosa, que só encontramos na riqueza de sua graça, uma vez que nos predestinou para Si pela sua perfeita vontade para sermos filhas adotivas através de Jesus (Efésios 1.5).

Uma das cartas na Bíblia, que fala profundamente ao meu coração, é a carta do apóstolo Paulo aos Efésios. Por sua ênfase doutrinaria em galgar uma vida cristã piedosa, o apóstolo Paulo escreve a referida carta, de Roma, durante os dois anos em que esteve morando como prisioneiro, em sua própria casa alugada. A vida desse homem piedoso foi marcada pela profundidade e riqueza em desfrutar da comunhão com Deus. Afirma o autor Watchman Nee:

"Dentre todas as cartas de Paulo, Efésios é aquela em que encontramos as mais elevadas verdades espirituais a respeito da vida cristã. A carta é rica de gemas espirituais e, ao mesmo tempo, é intensamente prática’’ (As três atitudes do crente. p.7).

Portanto, uma vida diligente consiste em acolher, com temor e devoção os preceitos do Senhor Jesus e embebidas na Palavra de Deus, que é a única com poder de salvação de todo aquele que crê (Romanos 1.16). E para isso é preciso inseri-la em nossa mente e coração, aceitando-a como a verdade de Deus, para nosso deleite. Por conseguinte, façamos como o salmista: “medito em teus preceitos e observo teus caminhos” (Salmos 119.15), a caminhada com Cristo é preceituada por meio de sua Palavra redentora e assim o próprio Deus permite que venhamos a usufruir de sua presença por meio de uma intimidade genuína, através da diligência de uma vida piedosa pautada no entendimento de sua Palavra, que é o instrumento usado por Deus na regeneração, e com orações de súplicas, para compreensão de que antes da fundação do mundo, Cristo nos escolheu para sermos santos e irrepreensíveis (Efésios 1.4). Pois, quem produz em nós tanto o querer quanto o realizar, é Deus, segundo a sua boa, agradável e perfeita vontade (Filipenses 1.12).

Mysia Rebeca

8 comentários:

  1. O querer dELe é perfeito e maravilhoso, graças a Deus podemos busca-LO todos os dias, graças a Deus que podemos contemplar a SUA face mediante a palavra. Graça e paz. Ótimo contexto.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Glória a Deus, obrigada pelo apoio.

      Um abraço bem apertado!

      Excluir