30 de janeiro de 2017

Conquistando decisões frutíferas


Ao longo de nossas vidas somos confrontadas com algumas indagações, tais como: “qual curso exercer?”, “qual faculdade ingressar?”, “devo casar agora?”, “onde trabalharei?”, “o que devo fazer?”. Enfim, diversas são as angustiantes perguntas sem respostas e assim nos deparamos com a dúvida e o medo, a inebriante dúvida que assola nossos pensamentos e o terrível medo que drena nossas forças e proporciona uma vida presente excruciante e um futuro sem perspectivas. Todavia, a Palavra de Deus que é viva e eficaz e apta para discernir os pensamentos e os propósitos do coração (Hebreus 4.12) permite nos conduzir a uma experiência impactante que responderá todas essas indagações no tempo predestinado pelo Senhor.

Destarte, é possível citar um belíssimo exemplo de serva piedosa que conquistou uma decisão frutífera, trata-se da moabita Rute. Por meio da orientação providencial de Deus a estrangeira Rute pertence à genealogia de Cristo (Mateus 1.5) como também conquistou a melhor parte, pois, através de sua decisão nos faz frutíferas (Rute 4.11). O contexto histórico pela qual a moabita Rute viveu era de extrema dificuldade, pois, sem filhos e viúva a herança e a ordem genealógica de sua família poderia ficar interrompida (Rute 1.4-5). Dois fatores corroboravam para o iminente fim da linhagem hereditária de sua família, o primeiro era que Rute era moabita e assim não pertencia ao povo de Deus (Rute 1.4) e o segundo é que a mesma ficou viúva (Rute 1.5), dessa maneira, ela teria que tomar uma decisão, ficar com sua sogra e garantir a linhagem de sua família? Ou fazer conforme a sua concunhada fez quando voltou para seu povo e os seus deuses? (Rute 1.15).

Pelo propósito gracioso de Deus, Rute assim como a serva piedosa Maria escolheram a melhor parte (Lucas 10.42) que é desfrutar da presença do Senhor e pertencer ao seu povo. A serva piedosa, Rute, tomou uma decisão concisa e inabalável quando escolheu ficar com sua sogra e pertencer ao povo de Deus (Rute 1.16) sendo assim, um amor que transcendeu laços raciais e as duas virtuosas mulheres cumpriram a lei dos judeus. Por fim, Deus cumpriu o seu desígnio na vida da estrangeira Rute através do matrimônio com o hebreu Boaz que foi o seu resgatador (Rute 4.9-13). Deste modo, a linhagem hereditária de Elimeleque foi preservada (Rute 4.13), como também originou a linhagem real do teocrático rei Davi (Rute 4.17) culminando na promessa do Messias.

Por conseguinte, a vida dessa mulher virtuosa muito nos inspira, pois, diversas foram as suas dificuldades, entretanto, quando a moabita declara sua fé “o seu povo é o meu povo e o seu Deus é o meu Deus” (Rute 1.16) ela estava influenciando todo um povo por meio de seu amor e virtude em confiar e desposar do único Deus (Isaías 43.11) que tem todas as respostas para nossas petições através de sua Palavra, pois, toda a Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para nos ensinar e admoestar (2 Timóteo 3.16), sendo assim, devemos clamar o Santo nome de Deus (Jeremias 33.3) e o Senhor responderá conforme a sua boa, agradável e perfeita vontade.

Portanto, sejamos como a virtuosa Rute que ao invés de se angustiar com indagações, medos ou dúvidas por causa de sua situação precária e devastadora ela escolheu seguir com fidelidade a sua sogra, tornando-se, assim, participante de seu povo, pois desejava avidamente pertencer ao povo de Deus (Rute 1.16-). Corramos assim, como Rute, sempre perseverante o que nos é imposta, fixando sempre os olhos em Cristo Jesus, autor e Consumador de nossa fé (Hebreus 12.1-2) eliminado todo medo, dúvidas e angustiantes perguntas de nossas mentes, mas que venhamos a conquistar como Rute decisões frutíferas que só galgamos por meio das Sagradas Escrituras, crendo sempre na confiança que temos na Palavra de Deus de que se pedirmos algo e se estiver de acordo com a sua vontade Ele nos ouve (1João 5.14).


Mysia Rebeca

7 comentários:

  1. Muito edificante o texto.Decisões frutíferas com o direcionamento de Deus.

    ResponderExcluir
  2. Muito edificante o texto.Decisões frutíferas com o direcionamento de Deus.

    ResponderExcluir
  3. Eu estava precisando ler isso,Deus continue abençoando vocês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém!

      Que o Senhor continue te edificando nEle.

      Abraço

      Excluir
  4. Quando uma palavra vem de encontro ao seu coração no momento certo. Muito obrigada! Deus abençoe vcs

    ResponderExcluir