12 de setembro de 2016

Floresça!


No próximo dia 22 de Setembro, começa, oficialmente, a Primavera no hemisfério sul. A conhecida estação das flores, quando as cores e os raios dourados do sol se mostram intensamente, decorando os dias. Seja no campo ou na cidade, é possível ver flores espalhadas por todos os cantos, mesmo em lugares que aparentemente não são propícios para elas viverem.

Lembro quando eu era criança, quando ia visitar meus avós: em sua casa havia um pequeno jardim, e ainda há, onde meu avô sempre dispensou vários cuidados para mantê-lo florido. Na frente da casa dos meus avós há um muro que circuncidava um edifício, onde eu costumava brincar com meu irmão e os meus primos. Mas ali havia algo que me chamava a atenção, era a quantidade de florzinhas brancas e azuis na calçada de pedra desse muro, pois, aparentemente, aquele não seria um solo fértil para elas e, como se não bastasse, elas eram muito mais bonitas do que as flores do jardim do meu avô - o que me deixava intrigada. Como é possível que aquelas florzinhas que ninguém cuidava fossem mais bonitas do que as que meu avô tinha tanto zelo? Bom, a resposta a essa pergunta veio muitos anos depois quando estudei a Doutrina da Providência e entendi que, na verdade, Alguém cuidava daquelas florzinhas (Mt. 6.28-30), Alguém extremamente Sábio e Poderoso – O Jardineiro Celestial.

À semelhança daquelas florzinhas, o Senhor tem cuidado de nós, Suas filhas, e de todo o Seu povo. E Ele tem nos provido toda a vida e os recursos necessários para testemunharmos tudo aquilo que Ele tem feito por nós e em nós, como aquelas florzinhas, que eram um anúncio público de Seu cuidado, perfeição e sabedoria. É verdade que na vida nem sempre é primavera, todos nós temos os nossos invernos e necessitamos tê-los. Spurgeon diz:

“... Em face da nossa afinidade com a natureza, também teremos nossas mudanças e não permanecemos sempre na mesma altura. Não há nenhum homem cuja vida seja todo clímax. Não desesperemos quando estivermos em maré baixa; a preamar da vida chegará como sempre, inclusive alcançará um ponto mais elevado. Quando estamos sem folhas e aparentemente sem vida, chegando nossa alma a ser como árvore de inverno, não imaginemos que o machado nos derribará, porquanto a substância permanece em nós, mesmo que tenhamos perdido as folhas, e dentro em pouco chegará a época em que os pássaros cantam, sentiremos o calor cordial da primavera e nossas vidas serão novamente cobertas de flores e carregadas de frutos."1

No entanto, precisamos lembrar que há flores de diversos tipos, cada qual com sua beleza particular, e também características próprias, que possibilitam a algumas, por exemplo, florescer o ano inteiro; outras, apenas em uma estação, e ainda aquelas que podem nos agraciar com sua beleza no inverno e mesmo na neve. Há flores nos desertos, nos vales, nos penhascos, entre rochas... Onde quer que elas forem plantadas pelo Criador, ali estão, manifestando beleza, delicadeza, sabedoria, perfume e vida!

A criação revela, entre outros atributos, a sabedoria de Deus em cada detalhe. As flores são ordenadas a manifestarem a beleza que foi posta nelas, para assim apontarem para o Glorioso Deus. Mesmo que o terreno não seja favorável, elas lutam para dali extrair os nutrientes necessários para manter sua vida.

Não importa a que tipo de flor você se assemelha; de repente, alguém pensa que é como as flores que brotam o ano inteiro, porque, na maior parte do tempo, estão com todo gás, produzindo, dando bons frutos; outras talvez se veem como as que florescem apenas em uma estação, depois de períodos de baixas. Enfim, o que importa é que precisamos florescer no ambiente onde estamos!

Mas isso só será possível, se nossas raízes estiverem em um solo fértil. O primeiro Salmo, nos diz que a pessoa temente a Deus é comparada a uma “árvore plantada junto a ribeiros de águas” (Sl. 1.3a), isto é, essa pessoa tem suas raízes fincadas em Deus, pois é d’Ele que ela extrai a vida e a força. Para podermos florescer, precisamos estar com nossas raízes firmadas em Deus, pois se as colocarmos em qualquer outro solo, murcharemos, porque somente Ele é a fonte da nossa vida. Todas as coisas estão murchando, perdendo a vida, se tornando em cinzas, o mundo está passando, mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre (I Jo. 2.17). Somente aqueles que estão em Deus permanecerão.

Mesmo sendo como florzinhas frágeis, se nossas vidas estiverem firmes em Deus, elas valerão a pena; e toda a luta para florescermos, espalhando misericórdia, bondade, perdão, amor e compreensão, para o louvor do nosso Deus, nunca serão em vão, pois o Senhor manifestará Seu poder em nossas vidas fracas e pequenas, para nossa alegria e Sua glória. 

Sempre que vejo uma florzinha entre pedras, em solo de cimento e lugares não muito propícios, eu penso: “Deus está cuidando dessa florzinha, tão pequena e insignificante, então Ele está cuidando de mim também, porque sou como essa florzinha.”

Isso me traz paz, confiança e ânimo para florescer muito, muito mais, apesar das dificuldades do ambiente e dos tempos.


 Sonaly Soares
________________________
1C. H. Spurgeon. Um Ministério Ideal – Vol. 1

7 comentários:

  1. Que texto lindo e edificante... que Deus abençoe quem publica e a todas que leem..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, Anne!

      Agradeço o carinho e fico feliz por sua edificação.

      Deus te abençoe. Um abraço.

      Excluir
  2. Ser flor nas mãos do Criador não há nada mais nobre, mais delicado do que ser amada por ELe. Agradeço mais uma vez por vir aqui e levar o perfume de cada palavra que leio Sonaly. Graça e paz ! @>----

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Eva!

      É sempre bom te ver por aqui. Agradeço o encorajamento.

      Deus te abençoe. Um abraço.

      Excluir
  3. Oh, que venhamos sempre ter essa sabedoria de nos entregar inteiramente Aquele que nos enviou. Que possamos confiar somente Nele, que em nossos tempos baixos ou invernos, nós tenhamos a força de os apoiarmos somente Nele e não em nós mesmas. Parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Stella!

      Que o Senhor nos ajude a depositarmos toda a nossa confiança somente nEle.

      Deus te abençoe. Um abraço.

      Excluir