26 de setembro de 2016

Um lugar seguro

08:53

Uma doce recordação de minha infância consiste quando ingressei à escola. A ansiedade de conhecer minhas “tias”, meus coleguinhas, das aulas de artes, do recreio, enfim, não cabia dentro do meu pequeno coração a alegria de um novo mundo que iria conhecê-lo e com ele desfrutar de suas peripécias. Todavia, para ganhar essa nova aventura seria necessário “perde”, mesmo que por uma tarde, o conforto e os mimos de casa. Isso porque, naquela época, desconhecia a existência de um lugar mais confortável e aconchegante do que a proteção do lar. Compartilho essa recordação com as queridas irmãs, pois, à medida que o tempo foi passando compreendi que assim como o salmista assevera que o Senhor é uma fortaleza e refúgio (Salmos 18.2) também percebi que não existe lugar mais seguro do que descansar a alma naquele que a criou, pois somente em Deus há plena satisfação e fora dEle há infelicidade.

19 de setembro de 2016

Amizade com rapazes cristãos

08:39

Que grande dádiva recebemos do Criador: a amizade! A solidão foi a primeira coisa que Ele viu que não era boa para a sua criatura amada, e sabemos que ninguém existe para viver sozinho. Todos somos seres sociais, relacionais, todos precisamos de amigos. E ainda mais nós mulheres: temos uma intrínseca necessidade de nos associarmos com os nossos semelhantes; dentro de nós, há um instinto relacional, um anseio por relacionamentos.

12 de setembro de 2016

Floresça!

08:27

No próximo dia 22 de Setembro, começa, oficialmente, a Primavera no hemisfério sul. A conhecida estação das flores, quando as cores e os raios dourados do sol se mostram intensamente, decorando os dias. Seja no campo ou na cidade, é possível ver flores espalhadas por todos os cantos, mesmo em lugares que aparentemente não são propícios para elas viverem.

5 de setembro de 2016

Descansar é confiar

08:04

Inúmeros são os apelos do mundo contemporâneo e globalizado para que venhamos a “desfrutar” de sua hegemonia, de modo que o imediatismo seja o verbete para promover uma vida de bonança e eficácia. A largada da corrida da vida nos é imposta para galgar os melhores cargos e salários. Todavia, as distrações cotidianas, o cansaço e a fadiga drenam nossas forças, e não mais descansamos. As preocupações se intensificam e a ansiedade ofusca nossa coragem, e não mais confiamos. Diante disso, como podemos enfrentar tais adversidades sem sermos sucumbidas por elas? E sendo servas piedosas, como podemos descansar e confiar em Deus, quando as tempestades submergem nossas forças?