29 de fevereiro de 2016

Submissas à vontade de Deus

15:33


A filosofia de vida do mundo consiste na busca e gratificação de prazeres efêmeros, muitas vezes destrutivos e que vão de encontro à lei divina. Tudo é permitido, nada é proibido. Tornando o que é imoral em “lícito” aos olhos daqueles em que a libertinagem é o seu verdadeiro deus. Nesse mundo caído, aqueles que querem ter vidas puras e santas são ridicularizados, e com nós mulheres não têm sido diferente. Viver para Deus implica em fazer Sua vontade conforme está revelada nas Escrituras e que é diametralmente contrário a cultura que nos rodeia. 

22 de fevereiro de 2016

E quanto ao dom de celibato?

05:00

Pode-se entender o dom de celibato como a capacidade concedida por Deus para uma pessoa viver solteira e pura sexualmente, sem a necessidade de um laço matrimonial. É verídico que nem todos se casarão, e há várias razões para isso. Uma dessas razões é o dom já mencionado, e é sobre ele que nos concentraremos no presente texto.

15 de fevereiro de 2016

“Eu sempre vos amei, diz o Senhor. Mas vós dizeis: Em que nos tens amado?” (Ml 1.2a)

09:28

A mensagem do livro de Malaquias nos é apresentada em uma estrutura de diálogo constituído por uma declaração de Deus, um questionamento do povo a essa declaração e a resposta de Deus ao questionamento. O primeiro diálogo do livro está no capítulo primeiro, do versículo 1 a 5, que trata do amor de Deus por Israel.

8 de fevereiro de 2016

A identidade da serva de Jesus Cristo

11:16

A autenticidade de uma pessoa consiste nas características daquilo que possui, tornando-se possível sua identificação. Nas Sagradas Escrituras, vislumbramos a revelação do Senhor Jesus Cristo como Filho de Deus e membro da divindade, pois, foi adorado como Deus (Mateus 14.33), mostrado também como Deus Onipotente (Mateus 8 26-27), Onipresente (Mateus 18.20) e Onisciente (Mateus 17.22-23). Enfim, a Bíblia manifesta as características que apontam para a plena divindade de nosso Senhor Jesus Cristo legitimando que Ele é tanto Filho de Deus quanto uma das pessoas da Trindade. Dessa maneira, é fundamental que sejam resplandecidas em nós as características de servas de Deus, porque se assim somos, precisamos que essa realidade seja testemunhada ao mundo.

1 de fevereiro de 2016

Não desperdice a sua vida!

11:43


 Como não desperdiçar a vida? Ela é transitória e passa muito depressa. Os nossos anos se vão de uma maneira assombrosa, a nossa juventude embora apreciada não permanece, a nossa beleza um dia vai murchar, bem como nossa saúde se deteriorar. E isto se permanecermos vivas, pois quem pode garantir que teremos um minuto sequer a mais de vida?